banner-site.png

/// currículos

LISANDRO BELLOTTO (PORTO ALEGRE/RS)

 

Lisandro Bellotto é diretor, performer e produtor cultural. Bacharel em Interpretação Teatral pelo Departamento de Arte Dramática da UFRGS, onde realizou o curso de Mestrado, investigando o campo relacional entre as artes do corpo e as mídias digitais. Atualmente realiza o curso de doutorado na mesma instituição pesquisando a performance dos chamados Teatros do Real. Ministra oficinas de montagem e workshops hibridizando as linguagens presenciais desde 2011. Dirigiu seu primeiro espetáculo “Vão” em 2011, ganhando o prêmio “Mais Teatro Revelação 2011(SMC)” de melhor diretor. Recentemente dirigiu e produziu o espetáculo de artes integradas independente “Argonautas”.

ADRIANO GUIMARÃES (RIO DE JANEIRO/RJ)

Atua desde 1989, construindo trabalhos em teatro, performance, artes visuais e dança. Ganhou o Prêmio Questão de Crítica 2012 de Melhor Elenco, com o espetáculo Nada – Uma Peça para Manoel de Barros, e o Prêmio Shell 1996 de Melhor Direção, com a peça Dorotéia. Participou de festivais e mostras de teatro como: Festival Internacional de Teatro de Curitiba (Curitiba/PR, 2016); Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Salvador/BA, 2015); Festival Internacional de Teatro Cena Contemporânea (Brasília/DF, 2015); Programação Cultural Paralela - Feira do Livro de Frankfurt (Frankfurt/Alemanha, 2013); Principe 54, Vigo (Espanha, 2005); Festival de Avignon (Avignon, França, 1995); Festival Iberoamericano de Arte e Cultura (Lisboa, Portugal, 1994); Festival de Aahurs (Aahurs, Dinamarca, 1993). Dirigiu espetáculos, realizou exposições individuais e ministrou oficinas diversas no Brasil e exterior. Concebeu e publicou os livros: Nada Expandido (Brasília: Editora Filhos do Beco, 2013); Ao Mesmo Tempo (Brasília: Editora Filhos do Beco, 2013); Todos os que Caem (Brasília: Edição do autor, 2004); e Felizes para Sempre (Brasília: Edição do autor, 2001). Atualmente integra o Coletivo Irmãos Guimarães.

GEORGETTE FADEL (SÃO PAULO/SP)

 

Georgette Fadel é atriz e diretora, formada pela Escola de Arte Dramática da USP. Ganhou Prêmio Shell em 2007 de Melhor Atriz pelo espetáculo “Gota d’Água Breviário”. Dirigiu espetáculos como: Biedermann e os Incendiários, de Max Frisch; Pedro O Cru, de António Patrício; Guerrilheiras ou Para a Terra Não Há Desaparecidos, projeto de Gabriela Carneiro da Cunha, dramaturgia de Grace Passô; e Primeiro Amor, de Samuel Beckett (com Prêmio Shell de melhor ator para Marat Descartes). Como atriz participou de espetáculos com direção de Felipe Hirsch, no espetáculo “A Tragédia Latino-Americana”; com a Cia. do Latão em “O Nome do Sujeito”, “Santa Joana dos Matadouros” e “Ensaio Para Danton”, além do espetáculo “A Lenda do Amor Entristecido” com direção de Tiche Vianna.

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus
    Karma Cia. de Teatro, Itajaí, SC, Brasil - karmaciadeteatro@gmail.com| +55 47 997178114 |+55 47 999209593